Um pedaço de mim

De: Fernando Luiz Costa <feluco@gmail.com>
Para: Xxxxxx <xxxxxxx@gmail.com>
Data: 14 de maio de 2006 04:56
Assunto: Um pedaço de mim

Bom,

Como te disse… sexta-feira fui pensando em uma coisa e acabei falando outra. Não queria te machucar com as minhas palavras. Só queria que você soubesse tudo que se passa pela minha cabeça. As palavras até tivessem um pouco de ódio, raiva… também mas por não me sentir conformado com as coisas do jeito que elas foram. Tem horas que eu penso que você está até dando graças a Deus por eu ter ido embora. Tem horas que eu acho que você não sofre… nem um pouquinho. E eu todo triste pelos cantos, fico ainda mais triste por isso. Um dia se você tiver coragem de ouvir e eu tiver coragem de falar, quem sabe você saiba. Mas como eu sempre sou o tolo apaixonado, acabei falando outra coisa completamente diferente. Não sei se você percebeu, mas quando você chegou, eu evitava te encarar, para justamente falar o que eu pensava. Mas enfim, não consegui. Então escolhi duas musiquinhas pra mostrar o momento:

1) O que eu queria dizer
O Que Me Importa
(Marisa Monte)

O que me importa
seu carinho agora
Se é muito tarde
para amar você
O que me importa
se você me adora
Se já não há razão
para lhe querer
O que me importa
ver você sofrer assim
Se quando eu lhe quis
você nem mesmo soube
dar amor

O que me importa
ver você chorando
Se tantas vezes
eu chorei também
O que me importa
sua voz chamando
Se pra você jamais
eu fui alguém
O que me importa
essa tristeza em seu olhar
Se o meu olhar
tem mais tristezas
pra chorar
que o seu
O que me importa

ver você tão triste
Se triste fui
e você nem ligou
O que me importa
o seu carinho agora
Se para mim
a vida terminou

2) O que eu realmente fiz
Nada Prá Mim
(Ana Carolina)

Eu não vim aqui
Pra entender ou explicar
Nem pedir nada pra mim
Não quero nada pra mim
Eu vim pelo que sei
E pelo que sei

Você gosta de mim é por isso que eu vim
Eu não quero cantar
Pra ninguém a canção
Que eu fiz pra você

Que eu guardei pra você
Pra você não esquecer
Que eu tenho um coração
E é seu

Tudo mais que eu tenho
Tenho tempo de sobra
Tive você na mão
E agora
Tenho só essa canção

Mas, a medida que o ônibus foi chegando ao Méier, eu fui ficando mais triste. Por quê? Porque quando você descesse, eu sabia que me sentiria a pior pessoa do mundo (como sempre, né). (nota do autor: esse momento também virou música) Foi só você se levantar e caminhar em direção a porta que as lágrimas vieram aos meus olhos… veio também um gosto amargo na boca… sei lá… tristeza… despedida… fracasso… carinho… e aquele velho filme passando na minha cabeça. Aquele que eu disse que eu e essa minha memória de elefante não me deixam esquecer. Preciso comprar a máquina do “Brilho Eterno de uma Mente sem lembranças”. Ah… que vontade de esquecer minhas lembranças. Só pra poder te deixar em paz de mim para sempre. Enfim, acho que de todas, aquela foi a despedida mais dolorida que tive de você. Não estava preparado pra seguir meu caminho sem ter você ao meu lado. Mas infelizmente acho que daqui pra frente, terá de ser só eu… sozinho e com o tal do filme que não pára de passar… passar… passar…

3) Tenho medo do futuro!
Partir, Andar
(Herbert Vianna)

Partir, andar, eis que chega
É essa a velha hora tão sonhada
Nas noites de velas acesas
No clarear da madrugada
Só uma estrela anunciando o fim
Sobre o mar, sobre a calçada
E nada mais te prende aqui
Dinheiro, grades ou palavras

Partir, andar, eis que chega
Não há como deter a alvorada
Pra dizer, um bilhete sobre a mesa
Pra se mandar, o pé na estrada
Tantas mentiras e no fim
Faltava só uma palavra
Faltava quase sempre um sim
E agora já não falta

Eu não quis
Te fazer infeliz
Não quis
Por tanto não querer
Talvez fiz

Vou ficando por aqui. Uma partida sem vontade de ir embora. Um tchau sem querer dizer adeus, uma despedida sem lágrima (afinal, você não gosta de chorar e nem que choremos, né). Você sabe que eu estarei aqui. Vendo o filme… sempre. Todas as sessões, todas as matinês. Mas se eu puder te pedir uma última coisa, queria que, se alguma coisa acontecer comigo, saiba que tudo que eu sinto por ti é algo tão especial que nenhuma palavra pode descrever. Saiba que sou sorriso me fazia feliz, seu olhar me fazia bonito, seus beijos me fazia apaixonado e seu amor me fazia o maior homem do mundo. O amor acabou e o maior do mundo também.

Fui…

PS.:

4) Se o Frejat pode, eu também posso
Homem não chora
(Frejat/Alvin L.)

Homem não chora
nem por dor
nem por amor
e antes que eu me esqueça
nunca me passou pela cabeça
lhe pedir perdão
e só porque eu estou aqui
ajoelhado no chão
com o coração na mão
não quer dizer
que tudo mudou
que o tempo parou
que você ganhou

Esse meu rosto vermelho e molhado
e só dos olhos pra fora
todo mundo sabe
que homem não chora

Homem não chora
nem por ter
nem por perder
lágrimas são água
caem do meu queixo
e secam sem tocar o chão
e só porque você me viu
cair em contradição
dormindo em sua mão
não vai fazer
a chuva passar
o mundo ficar
no mesmo lugar

Esse meu rosto vermelho e molhado
e só dos olhos pra fora
todo mundo sabe
que homem não chora

Mas qualquer coisa, eu viro um viadinho!!!!

———————————————————–

É… eles nunca vão levar o meu sarcasmo!!

Anúncios

1 Comentário

  1. =O


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s