Ela está dando mole por aí – TE010

Início de mais uma competição continental para os times Cariocas. Lá vai mais uma para anotar no caderninho e juntar uma grana para comprar o pôster de campeão e colar na parede do quarto no final. Mas será que Vasco e Botafogo têm time para isso?

E o que é a Copa Sul-Americana? É a filha da Copa Mercosul, neta da Copa dos Campeões e aquela prima feinha da Libertadores. Prima feinha porque os clubes sem chances no Brasileirão e sem chances de classificar para a Libertadores, focam suas possibilidades de classificação na Sul-Americana. Mas no ano seguinte, quando começam a disputa, usam times de reservas.

HORA DA DINAMITE EXPLODIR

Começamos com o Vascão da Colina. A primeira partida é quarta, 13/08, contra o Palmeiras em São Janu e a transmissão você acompanha com a galera Transamérica em 101,3 FM. Uma das maiores partidas da história recente do Vasco foi numa decisão de Copa Mercosul. Mas agora o negócio é diferente. E se levarmos em consideração a campanha no Brasileirão, melhor o Tita escalar aquele time de 2000.

Não adianta esperar uma luz divina do passado para alterar o presente. O que vale é buscar a melhor alternativa para o problema, que no caso é todo o elenco que o próprio Tita disse que não está à altura do Vasco. Leandro Amaral não joga, Edmundo pode estar cansado da viagem e o time está de moral baixa após a goleada sofrida em Salvador. Então, Tita, quem sabe a solução seja um esquema prudente para garantir que a partida de volta em São Paulo seja, realmente, um jogo que ainda valha algo para o futuro da competição?

BOTA FOGO NISSO

Já para o Fogão, tudo está as mil maravilhas. O time subiu meteoricamente no Brasileiro, Jorge Henrique ficou, a venda de camisas aumentou na loja oficial do clube e até as obras de recapeamento da São Clemente terminaram! Boa fase é isso aí mesmo! E está mais do que na hora de aproveitar esse período, com o mando de campo, lotar o Engenhão e fazer uma partida perfeita contra o Atlético Mineiro. Nós estaremos lá contando tudo para vocês. O Galo tem sempre levado a pior diante do Botafogo nas competições mata-mata e, lógico, que desta vez não pode ser diferente. A cada partida, o padrão tático que Ney Franco deu ao time tem ficado cada vez mais evidente e nada melhor do que uma competição continental para confirmar a ascensão alvinegra.

Transamérica Esportes – 13/08/08

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s