Kiss Me – Sixpence None The Richer

Kiss me, out of the bearded barley
Nightly, beside the green,green grass
Swing,swing,swing the spinning step
You wear those shoes and i will wear that dress

Oh, kiss me beneath the milky twilight
Lead me out on the moonlit floor
Lift your open hand
Strike up the band and make the fireflies dance
Silver moon’s sparkling, so kiss me

Kiss me down by the broken tree house
Swing me upon its hanging tire
Bring,bring,bring your flowered hat
We´ll take the trail marked on your father´s map

Oh, kiss me beneath the milky twilight
Lead me out on the moonlit floor
Lift your open hand
Strike up the band and make the fireflies dance
Silver moon’s sparkling, so kiss me

Kiss me,beneath the milky twilight
Lead me out on the moonlit floor
Lift your open hand
Strike up the band and make the fireflies dance
Silver moon´s sparkling, so kiss me

So kiss me
So kiss me

So kiss me

Musiquinha de declaração de amor. Sabe… uma das minhas maiores frustrações na vida é que eu só recebi 1 vez na vida uma música com declaração de amor. E para piorar ainda a frustração é que aquele nem era o momento certo e eu não dei o valor devido que aquela declaração mereceu. Tudo bem… foi pelo telefone… foi de madrugada e eu estava com sono, mas eu queria que tivesse sido diferente. Aí hoje em dia não fica provas. Nem papel nem nada. Somente a minha lembrança (porque tenho certeza que quem fez a declaração nem lembra mais disso). Eu lembro. A música era da Cássia Eller – Meu Mundo Ficaria Completo (Com Você).

É a vida, Nando. Provas de amor não existem! É verdade, eu nunca vi uma! (e as que poderiam ter sido, rasguei! hahahahaha)

Strangers in the Night – Frank Sinatra

De: kaempfert/singleton/snyder

Strangers in the night exchanging glances
Wondring in the night
What were the chances wed be sharing love
Before the night was through.

Something in your eyes was so inviting,
Something in you smile was so exciting,
Something in my heart,
Told me I must have you.

Strangers in the night, two lonely people
We were strangers in the night
Up to the moment
When we said our first hello.
Little did we know
Love was just a glance away,
A warm embracing dance away and –

Ever since that night weve been together.
Lovers at first sight, in love forever.
It turned out so right,
For strangers in the night.

Ah…deixa pra lá, vai…

Ela está dando mole por aí – TE010

Início de mais uma competição continental para os times Cariocas. Lá vai mais uma para anotar no caderninho e juntar uma grana para comprar o pôster de campeão e colar na parede do quarto no final. Mas será que Vasco e Botafogo têm time para isso?

E o que é a Copa Sul-Americana? É a filha da Copa Mercosul, neta da Copa dos Campeões e aquela prima feinha da Libertadores. Prima feinha porque os clubes sem chances no Brasileirão e sem chances de classificar para a Libertadores, focam suas possibilidades de classificação na Sul-Americana. Mas no ano seguinte, quando começam a disputa, usam times de reservas.

HORA DA DINAMITE EXPLODIR

Começamos com o Vascão da Colina. A primeira partida é quarta, 13/08, contra o Palmeiras em São Janu e a transmissão você acompanha com a galera Transamérica em 101,3 FM. Uma das maiores partidas da história recente do Vasco foi numa decisão de Copa Mercosul. Mas agora o negócio é diferente. E se levarmos em consideração a campanha no Brasileirão, melhor o Tita escalar aquele time de 2000.

Não adianta esperar uma luz divina do passado para alterar o presente. O que vale é buscar a melhor alternativa para o problema, que no caso é todo o elenco que o próprio Tita disse que não está à altura do Vasco. Leandro Amaral não joga, Edmundo pode estar cansado da viagem e o time está de moral baixa após a goleada sofrida em Salvador. Então, Tita, quem sabe a solução seja um esquema prudente para garantir que a partida de volta em São Paulo seja, realmente, um jogo que ainda valha algo para o futuro da competição?

BOTA FOGO NISSO

Já para o Fogão, tudo está as mil maravilhas. O time subiu meteoricamente no Brasileiro, Jorge Henrique ficou, a venda de camisas aumentou na loja oficial do clube e até as obras de recapeamento da São Clemente terminaram! Boa fase é isso aí mesmo! E está mais do que na hora de aproveitar esse período, com o mando de campo, lotar o Engenhão e fazer uma partida perfeita contra o Atlético Mineiro. Nós estaremos lá contando tudo para vocês. O Galo tem sempre levado a pior diante do Botafogo nas competições mata-mata e, lógico, que desta vez não pode ser diferente. A cada partida, o padrão tático que Ney Franco deu ao time tem ficado cada vez mais evidente e nada melhor do que uma competição continental para confirmar a ascensão alvinegra.

Transamérica Esportes – 13/08/08

Despensando em você

E finalmente aqui estou eu. A derradeira das mensagens. As últimas das palavras. Não fui eu quem quis assim. Mas como eu ainda não aprendi como controlar o destino das coisas, desta forma as coisas aconteceram.

Te juro que eu pensei muito antes de fazer isso tudo. Penso muito sobre isso todo dia desde fevereiro. Não quero mais ficar enchendo a sua cabeça com a minha tristeza e o meu “sarcasmo”. Fiz o que poderia ter feito para reverter uma situação irreversível. Imagina o que é conviver com isso por quase 3 meses calado… quieto. Agoniado sem poder gritar, triste sem poder chorar. Pelo menos agora, tenho certeza, que você percebe que estava tão errado comigo. O porquê dos torpedos melancólicos.

Eu não costumo me arrepender das coisas que faço. E tenha certeza de que enquanto você está lendo esta mensagem, eu estarei voltando pra casa brigando comigo por ter falado o que eu sabia. Mas, caramba, eu não estava mais conseguindo ser eu mesmo do jeito que tudo estava. Eu tinha que tomar uma decisão. Eu tinha que te mostrar o tanto que isso tudo que você fez me deixou magoado, como isso me feriu e eu tinha que parar de ser covarde e te enfrentar de frente. Eu precisava perder o medo de te perder. Agora eu penso: Por que eu tinha medo de perder você, se eu não te tive em 3 anos e meio??

Não poderia ficar brigando por um sentimento que nunca existiu e que queria, de qualquer forma, implantar ele dentro do seu coração. Mas também, assim como eu não sou o senhor do destino, também não sou o dono da verdade. Eu fiz tudo que pude. Lutei até onde tive forças, mas infelizmente, de um tempo pra cá, minhas forças para lutar pelo seu coração acabaram. E ainda mais se eu tenho que lutar com um alguém que não faz tanta força para conquistá-lo, percebo o quão é inútil da minha parte lutar. Eu desisti. Estendo a bandeira branca, abaixo as armas e me rendo de cara limpa e peito aberto. A luta acabou!! Os louros da vitória estão aí com você (ou vocês). Deixo que eu carrego a derrota e o fardo da reconstrução para o meu lado e que eu consiga aprender ainda mais da minha vida com mais uma derrota.
Você não faz idéia o quanto foi duro pra mim quando as peças começaram a encaixar. Eu fiquei triste… desapontado… me sentindo enganado… agredido e não sabia mais o que pensar. Me sentia (sinto) usado. Mas eu me conformo, afinal porque quando eu baixei a cabeça pela primeira vez (e foi por amor, um sentimento raro nos dias de hoje), eu me tornei submisso… virei o mais fraco. Me arrependo da submissão, me arrependo da fraqueza. E me arrependo porque isso leva a atitudes extremas como essa; um final com muita raiva, muito desgosto, que são sentimentos que eu não gosto, mas que não consigo deixar de sentir.
Daqui pra frente, me sobrarão um punhado de perguntas e nenhuma resposta. Perguntas as quais eu não tenho mais o direito de fazer e respostas que agora serão inúteis de você de dar.

Hoje percebo que tudo que fiz foi inútil pra fazer você me amar, né. Acho que por isso mais que sofro. Sofro porque vejo que não foi competente o suficiente pra te fazer bem! Todas as vezes que eu mandava torpedos dizendo que me sentia a pior pessoa do mundo é porque eu me sinto mesmo assim. Porque se ser trocado 1 vez já é ruim, imagina 4!!!

Sei que temos maneiras diferentes de ver as coisas. De sentir a vida. E você é muito mais experiente nisso do que eu. Eu nunca tive o amor da minha vida. Nunca tive que me mudar de inúmeras formas pra me sentir uma pessoa melhor e ser melhor pra pessoa que eu amo. E você que me mostrou que a gente pode ser melhor quando a gente quiser. Mesmo contra tudo e mesmo contra todos. Mas você também fez questão de me mostrar que a gente pode sim ficar desapontado com o amor da nossa vida. Desapontado a ponto de não saber se o amor realmente vale a pena. Certamente, a lembrança que levarei de você aqui no meu coração daqui pra frente não será a das melhores. Não queria que fosse assim. E tenho certeza que você nunca vai entender o que eu sinto e vou sentir no futuro. Mas ainda guardarei uma grande quantidade de carinho, afeto e todos os sentimentos que sinto por ti. Desfazer-me deles é impossível, mas depois disso tudo que aconteceu, a minha única saída é me conformar pela última vez e seguir o caminho em diante. Quanto a ti, a única coisa que eu espero é que, em um dia qualquer, pare e pense em nas coisas que aconteceram. Veja suas atitudes. Nunca fui de condenar qualquer atitude sua e não agora que farei isso. Se você agiu assim é porque na sua cabeça estava certa. Para mim, esta não foi a maneira mais franca de agir, mas enfim, o que eu importo para você de agora em diante mesmo?

E logo agora que você encontrou seu amor agora, né. Vá em frente. Aproveite. Seja feliz. Faça o que seu coração mandar, como eu fiz. Desejo-te muita sorte no seu amor e que nunca apareça alguma coisa pra puxar o seu tapete e te jogar no chão (ou te trazer de volta à realidade). Mas vê se deixa o amor invadir o seu coração. Isso foi uma das melhores coisas que eu senti na vida. Vai ser melhor para você mesma. E quando isso acontecer, cuide de seu amor. Dê carinho, compaixão, alegria. Assim termino. Pedindo desculpas pela última vez. Desculpas por quando o amor invadiu o meu, eu não ter dado carinho, compaixão, alegria. Eu falhei e você foi procurar esses sentimentos com outra pessoa. Agora sim eu tenho um motivo para eu me martirizar até o último dia da minha vida. Eu não soube amar o amor da minha vida.

Alceu Valença – Tropicana (Morena Tropicana)

Composição: Alceu Valença / Vicente Barreto

Da manga rosa
Quero gosto e o sumo
Melão maduro, sapoti juá
Jaboticaba teu olhar noturno
Beijo travoso de umbú cajá…

Pele macia
Ai! carne de cajú
Saliva dôce
Dôce mel
Mel de uruçú…

Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vem me desfrutar
Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vou te desfrutar…

Morena Tropicana
Eu quero teu sabor
Ai, ai, ioiô, ioiô…(2x)

Da manga rosa
Quero gosto e o sumo
Melão maduro, sapoti juá
Jaboticaba teu olhar noturno
Beijo travoso de umbú cajá…

Pele macia
Ai! carne de cajú
Saliva dôce
Dôce mel
Mel de uruçú…

Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vou te desfrutar
Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vem me desfrutar…

Morena Tropicana
Eu quero teu sabor
Ai, ai, ioiô, ioiô…(2x)

Morena Tropicana
Eu quero teu sabor
Ai, ai, ioiô, ioiô…(2x)

Da manga rosa
Quero gosto e o sumo
Melão maduro, sapoti juá
Jaboticaba teu olhar noturno
Beijo travoso de umbú cajá…

Pele macia
Ai! carne de cajú
Saliva dôce
Dôce mel
Mel de uruçú…

Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vou te desfrutar
Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vem me desfrutar…

Morena Tropicana
Eu quero teu sabor
Ai, ai, ioiô, ioiô…(2x)

Morena Tropicana!…

Essa daqui não tem mensagem subliminar nem nada. É dedicada e tem dedicatória e tudo, mas graças o grande meu amigo Leo Dias, ninguém vai entender! HAHAHAHAHAHAHAHA Mas é pra vc, viu menina!

Compro ouro – TE009

Ligo a TV, vejo os Jogos Olímpicos e fico pensando: “Como esse mundo competitivo de hoje em dia é extremamente injusto!” Exemplo disso? O nadador americano Michael Phelps. O cara ganhou 6 medalhas de ouro nas últimas Olimpíadas, mas foi considerado um fracassado, só porque não bateu o recorde de outro americano, Mark Spitz, de 8 medalhas de ouro numa única competição. Caramba! O Phelps sozinho em Atenas ficou na frente do Brasil no quadro geral! (5 ouros, 2 pratas e 3 bronzes). E agora em Pequim… ou Beijing… ou sei lá onde na China ele carrega esse peso nas costas. Ou ganha 8 ouros dessa vez ou você será o eterno fracassado.

Digamos que o cara ganhe mais 5 douradas desta agora. Serão 13 medalhas de ouro! Uma marca impressionante. O Brasil inteiro (Diego Hipólito, Ronaldinho Gaúcho, Robert Scheidt, você, eu) precisa de umas 3 Olimpíadas para conseguir 13 medalhas de ouro! O cara é um fenômeno? É e pronto. Marcou a história dos Jogos Olímpicos como o maior nadador que já passou pelas piscinas e isso é fato.

A Seleção Canarinho de kimono azul

As primeiras medalhas brasileiras em Beijing… ou Pequim… ou sei lá onde na China saíram. E foram três medalhas de bronze no judô. Aliás, uma delas vale até para entrar para a história do esporte brasileiro. Pela primeira vez, uma mulher conseguiu uma medalha individual numa Olimpíada. A dona deste feito foi a judoca de Brasília Ketleyn Quadros. Alegria na Capital Federal! Agora, quem sabe alguém tome vergonha na cara para lá, nem que seja na base do ippon! Nossos outros medalhistas foram os paulista, favoritos para o ouro, Leandro Guilheiro, que já havia sido prata no Pan do Rio e Tiago Camilo, atual campeão mundial. Esse é o judô moleque, o judô arte canarinho! Agora só falta entrar o Zagallo gritando na tv: “MEDALHA NO JUDÔ TEM 13 LETRAS!”

Transamérica Esportes – 12/08/2008

O de cima sobe e o de baixo desce – TE008

A rodada do Campeonato Brasileiro deste final de semana marcou a final do Primeiro Turno. Lá se foi metade desse campeonato comprido, que de vez em quando dá sono e de vez em quando empolga. Pena que para alguns, de vez em quando dá raiva também.

O Grêmio foi o campeão simbólico do turno. Tem gente que diz que isso não representa nada. Outros dizem que isso é muito importante porque em toda era dos pontos corridos, o clube que chegou ao final do turno na frente, acabou sendo o campeão. Mas acontece que esse é, também, o campeonato mais disputado dos últimos tempos apesar dos gaúchos terem aberto 5 pontos de vantagem nesta rodada. Acontece que os gremistas vão a pé para o que der e vier e o virada do turno pode nos trazer um conversível azul correndo sem se preocupar com competições paralelas, um sedan alviverde com aquele distinto motorista de terno e gravata ou até mesmo um foguete alvinegro que sobe rapidamente. Lógico que não podemos esquecer a limusine preta com detalhes em vermelho e branco que sempre chega bem ao final e quem sabe um carro da Superliga Fórmula consiga retomar o bom desempenho. Mas uma coisa não podemos negar. Quando os gremistas resolveram andar, deixou todo mundo pra trás comendo poeira.

Flamengo e Botafogo venceram e por conta disso mesmo continuam juntos na briga. No Sábado, o Flamengo brigou com o juiz, com a torcida, com o Maracanã e, felizmente, acabou vencendo uma partida importante contra o Atlético Paranaense. Mais um jogo de resultado negativo selaria de vez o destino descendente do Mengão neste Brasileiro. Caio Júnior agora espera que as contratações sejam as soluções para o apagão do time que tem 1 turno para mostrar que quando todos achavam que o time era bom e o elenco completo, não estavam enganados.

O Fogão fez uma partida quase que perfeita contra o Palmeiras no domingo. Foi um dos melhores jogos do ano. O Botafogo a fim de marcar gols e os porcos conhecendo bem a arma ofensiva alvinegra. O placar de só 1×0 foi um castigo para o torcedor que escolheu aquele Dia dos Pais para curtir com o paizão no estádio. O time de Ney Franco conseguiu sua quarta vitória seguida. Marca impressionante em um campeonato equilibrado e sempre jogando com tranqüilidade, coisa que andou em falta nos tempos de Cuca. Agora, é importante ir consciente para a Copa Sul-Americana e continuar o progresso no Brasileirão.

Pena que o campeonato tem a parte de baixo da tabela, e mais triste ainda é que Vasco e Fluminense estão lá. O Flu anda povoando a zona do rebaixamento desde o começo e o time da colina oscila, mas agora chegou perto perigosamente.

Uma derrota para cada um neste final de semana com seus lados trágicos. Vasco tomou 5 gols do Vitória no Barradão na estréia de Tita no comando técnico. Um mau presságio para um começo de trabalho. Tem vascaíno achando que a diretoria está se preocupando mais com a diretoria anterior do que com o time de futebol. Seja lá o que for, está mais que na hora do time achar uma fórmula de estabilidade e parar de patinar na segunda metade da disputa.

Tão ruim quando perder de 5×0 é tomar uma virada abdicando de jogar futebol. O Fluminense teve medo de vencer o Ipatinga. Mesmo na casa do adversário era melhor e saiu na frente. Depois se acovardou e ficou chamando os mineiros para a festa. E vocês sabem como os mineirinhos são, né? Calados, quietinhos, mas vem chegando. E quando o tricolor percebeu o placar já estava 2×1 e o time que estava covarde, também estava sem forças para reagir. Nocaute clássico, que derrubou Renato Gaúcho. Ele que estava a 5 metros da próxima Libertadores, ficou sem gasolina na última curva e agora voltou a ficar mais perto da Libertadores 2009, porque verá tudo naquele lindo telão LCD na sala da sua casa

Transamérica Esportes – 11/08/2008