Tiro seco, rasteiro e no canto!

45 do segundo tempo. O camisa 10 da Gávea vem correndo pela meia-esquerda e num tiro fulminante marca o mais belo gol da rodada. Mas uma vitória do Flamengo. Alegria e festa para o povo. Ta aí… Sou de uma época que as alegrias (minhas) eram muito mais intensas.

Hoje eu sinto que vivo em um mundo efêmero, mesmo sem saber direito o que isso significa.

A história sempre se repete. Eles sempre perdem pra gente! Mesmo que com um empate.

Um pouquinho de futebol. Um pouquinho de vida. E o que mais na vida é o Nando mesmo hein?

Anúncios